Sábado, 30 de Abril de 2011

É lorpa quem acredita neste PM

E lá temos Sócrates no seu melhor, excelente actor, o da eterna vitima.

O PS como sempre cego, surdo e mudo, se tivessem vergonha na cara teriam escolhido outro candidato, não o culpado de desperdício de dinheiro dos contribuintes, por causa da teimosia de um chefe de governo que queria tapar o sol com a peneira, recusou mais cedo o auxilio do FMI / UE.

E os socialistas acham-se inocentes, como se a maioria dos últimos 18 anos não fosse o PS que esteve no governo.

 

Guterres 1995 a 2002       (7 anos PS)

Barroso   2002 a 2004      (2 anos PSD/CDS)

Santana  2004 a 2005      (1 ano PSD/CDS)

Sócrates  2005 até agora (6 anos PS)

 

e os presidentes

 

Sampaio 1996 a 2006      (10 anos PS)

Cavaco   2006 até agora  (5 anos PSD)

 

 

É claro que os PS e PSD são farinha do mesmo saco e têm culpas, mas são os socialistas quem mais tempo e poder tiverem nestes últimos anos.

E porquê? não existe gente competente? os partidos só escolhem merda nas suas listas? e o povo só vota o que os seus clubes apresentam, não existe verdadeira escolha popular.

publicado por raiodemundo às 23:58
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 26 de Abril de 2011

Henrique Medina e o estado do país

 

 

 

publicado por raiodemundo às 15:09
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 25 de Abril de 2011

Uma questão cívica - MUITO IMPORTANTE LER ATÉ AO FIM

CRISE EM PORTUGAL!... Acabar com o receio!!!

"Ora aqui vai outro importante contributo, para que o Ministro das Finanças não continue a fazer de nós parvos, dizendo com ar sonso que não sabe em que mais cortar. Acabou o recreio e o receio! Se todos vocês reencaminharem, como eu faço ao fim do dia, seremos centenas de milhar de "olhos mais bem abertos". Todos os ''governantes'' [a saber, os que se governam...] de Portugal falam em cortes de despesas - mas não dizem quais - e aumentos de impostos a pagar

Nenhum governante fala em:

  1. Reduzir as mordomias (gabinetes, secretárias, adjuntos, assessores, suportes burocráticos respectivos, carros, motoristas, etc.) dos três Presidentes da República retirados;
  2. Redução dos deputados da Assembleia da República e seus gabinetes, profissionalizando-os como nos países a sério. Reforma das mordomias na Assembleia da República, como almoços opíparos, com digestivos e outras libações, tudo à custa do pagode;
  3. Acabar com centenas de Institutos Públicos e Fundações Públicas que não servem para nada e, têm funcionários e administradores com 2º e 3º emprego;
  4. Acabar com as empresas Municipais, com Administradores a auferir milhares de euro/mês e que não servem para nada, antes, acumulam funções nos municípios, para aumentarem o bolo salarial respectivo.
  5. Por exemplo as empresas de estacionamento não são verificadas porquê? e os aparelhos não são verificados porquê? é como um táxi, se uns têm de cumprir porque não cumprem os outros? se não são verificados como podem ser auditados?
  6. Redução drástica das Câmaras Municipais e Assembleias Municipais, numa reconversão mais feroz que a da Reforma  do Mouzinho da Silveira, em 1821, etc...;
  7. Redução drástica das Juntas de Freguesia. Acabar com o pagamento de 200? Por presença de cada pessoa nas reuniões das Câmaras e 75,? Nas Juntas de Freguesia.
  8. Acabar com o Financiamento aos partidos, que devem viver da quotização dos seus associados e da imaginação que aos outros exigem, para conseguirem verbas para as suas actividades;
  9. Acabar com a distribuição de carros a Presidentes, Assessores, etc, das Câmaras, Juntas, etc., que se deslocam em digressões particulares pelo País;
  10. Acabar com os motoristas particulares 20 h/dia, com o agravamento das horas extraordinárias... para servir suas excelências, filhos e famílias e até, os filhos das amantes...
  11. Acabar com a renovação sistemática de frotas de carros do Estado e entes públicos menores, mas maiores nos dispêndios públicos;
  12. Colocar chapas de identificação em todos os carros do Estado. Não permitir de modo algum que carros oficiais façam serviço particular tal como levar e trazer familiares e filhos, às escolas, ir ao mercado a compras, etc;
  13. Acabar com o vaivém semanal dos deputados dos Açores e Madeira e respectivas estadias em Lisboa em hotéis de cinco estrelas pagos pelos contribuintes que vivem em tugúrios inabitáveis....
  14. Controlar o pessoal da Função Pública (todos os funcionários pagos por nós) que nunca está no local de trabalho. Então em Lisboa é o regabofe total. HÁ QUADROS (directores gerais e outros) QUE, EM VEZ DE ESTAREM NO SERVIÇO PÚBLICO, PASSAM O TEMPO NOS SEUS ESCRITÓRIOS DE ADVOGADOS A CUIDAR DOS SEUS INTERESSES, QUE NÃO NOS DÁ COISA PÚBLICA....;
  15. Acabar com as administrações numerosíssimas de hospitais públicos que servem para garantir tachos aos apaniguados do poder - há hospitais de província com mais administradores que pessoal administrativo. Só o de PENAFIEL TEM SETE ADMINISTRADORES PRINCIPESCAMENTE PAGOS... pertencentes ás oligarquias locais do partido no poder...
  16. Acabar com os milhares de pareceres jurídicos, caríssimos, pagos sempre aos mesmos escritórios que têm canais de comunicação fáceis com o Governo, no âmbito de um tráfico de influências que há que criminalizar, autuar, julgar e condenar;
  17. Acabar com as várias reformas por pessoa, de entre o pessoal do Estado e entidades privadas, que passaram fugazmente pelo Estado  .
  18. Pedir o pagamento dos milhões dos empréstimos dos contribuintes ao BPN e BPP;
  19. Perseguir os milhões desviados por Rendeiros, Loureiros e Quejandos, onde quer que estejam e por aí fora.
  20. Acabar com os salários milionários da RTP e os milhões que a mesma recebe todos os anos.
  21. Acabar com os lugares de amigos e de partidos na RTP que custam milhões ao erário público.
  22. Acabar com os ordenados de milionários da TAP, com milhares de funcionários e empresas fantasmas que cobram milhares e que pertencem a quadros do Partido Único (PS + PSD).
  23. Assim e desta forma Sr. Ministro das Finanças recuperaremos depressa a nossa posição e sobretudo, a credibilidade tão abalada pela corrupção que grassa e pelo desvario dos dinheiros do Estado ;
  24. Acabar com o regabofe da pantomina das PPP, que mais não são do que formas habilidosas de uns poucos patifes se locupletarem com fortunas à custa dos papalvos dos contribuintes, fugindo ao controle seja de que organismo independente for e fazendo a "obra" pelo preço que "entendem"...;
  25. Criminalizar, imediatamente, o enriquecimento ilícito, perseguindo, confiscando e punindo os biltres que fizeram fortunas e adquiriram patrimónios de forma indevida e à custa do País, manipulando e aumentando preços de empreitadas públicas, desviando dinheiros segundo esquemas pretensamente "legais", sem controlo, e vivendo à tripa forra à custa dos dinheiros que deveriam servir para o progresso do país e para a assistência aos que efectivamente dela precisam;
  26. Controlar a actividade bancária para que, daqui a mais uns anitos, não tenhamos que estar, novamente, a pagar "outra crise";
  27. Não deixar um único malfeitor de colarinho branco impune, fazendo com que paguem efectivamente pelos seus crimes, adaptando o nosso sistema de justiça a padrões civilizados, onde as escutas VALEM e os crimes não prescrevem com leis à pressa, feitas à medida;
  28. Impedir os que foram ministros de virem a ser gestores de empresas que tenham beneficiado de fundos públicos ou de adjudicações decididas pelos ditos.
  29. Fazer um levantamento geral e minucioso de todos os que ocuparam cargos políticos, central e local, de forma a saber qual o seu património antes e depois.
  30. Pôr os Bancos a pagar impostos.

Façamos um grande corrente de denúncia passando este email a todos de modo a que chegue a todo o povo português, a cada casa, a cada um, para que haja uma revolta nacional contra a corrupção que instauraram em Portugal.

Envie a, pelo menos, 12 pessoas. Isto não pode parar.

Nós contribuintes pagamos tudo. E só temos culpa porque somos frouxos, passivos, indolentes.

publicado por raiodemundo às 19:37
link do post | comentar | favorito
Domingo, 24 de Abril de 2011

Os europeus correm contra o muro - Dá para meditar

11 de Abril de 2011 23:29

Os europeus correm contra o muro (a triste realidade) !!!


 Entrevista de um professor chinês de economia, sobre a Europa, o Prof.
 Kuing Yamang, que viveu em França:

 1. A sociedade europeia está em vias de se auto-destruir. O seu modelo
social é muito exigente em meios financeiros. Mas, ao mesmo tempo, os
europeus não querem trabalhar. Só três coisas lhes interessam:
lazer/entretenimento, ecologia e futebol na TV! Vivem, portanto, bem
acima dos seus meios, porque é preciso pagar estes sonhos de miúdos...

2. Os seus industriais deslocalizam-se porque não estão disponíveis
para suportar o custo de trabalho na Europa, os seus impostos e taxas
para financiar a sua assistência generalizada.

3. Portanto endividam-se, vivem a crédito. Mas os seus filhos não
poderão pagar 'a conta'.

4. Os europeus destruíram, assim, a sua qualidade de vida
empobrecendo. Votam orçamentos sempre deficitários. Estão asfixiados
pela dívida e não poderão honrá-la.

5. Mas, para além de se endividar, têm outro vício: os seus governos
'sangram' os contribuintes. A Europa detém o recorde mundial da
pressão fiscal. É um verdadeiro 'inferno fiscal' para aqueles que
criam riqueza.

6. Não compreenderam que não se produz riqueza dividindo e partilhando
mas sim trabalhando. Porque quanto mais se reparte esta riqueza
limitada menos há para cada um. Aqueles que produzem e criam empregos
são punidos por impostos e taxas e aqueles que não trabalham são
encorajados por ajudas. É uma inversão de valores.

7. Portanto o seu sistema é perverso e vai implodir por esgotamento e
sufocação. A deslocalização da sua capacidade produtiva provoca o
abaixamento do seu nível de vida e o aumento do... da China!

8. Dentro de uma ou duas gerações 'nós' (os chineses) iremos
ultrapassá-los. Eles tornar-se-ão os nossos pobres. Dar-lhes-emos
sacas de arroz...

9. Existe um outro cancro na Europa: existem funcionários a mais, um
emprego em cada cinco. Estes funcionários são sedentos de dinheiro
público, são de uma grande ineficácia, querem trabalhar o menos
possível e apesar das inúmeras vantagens e direitos sociais, estão
muitas vezes em greve. Mas os decisores acham que vale mais um
funcionário ineficaz do que um
desempregado...

10. Vão (os europeus) direitos a um muro e a alta velocidade...
publicado por raiodemundo às 23:42
link do post | comentar | favorito
Sábado, 23 de Abril de 2011

Crise??? Temos de olhar para quem ainda está pior do que nós...

Pensamento...

Nós que 'vivemos bem', raramente pensamos nas pessoas que ainda vivem na pobreza.

Esta foto, tirada num país no coração da Europa, mostra que a pobreza ainda existe em todo o lado.

Esta mulher, que passeia com as suas velhas e muito usadas roupas e, curvada ao peso dos sacos de plástico que arrasta na mão, não pode, nem deve, deixar ninguém indiferente!

Envia esta mensagem a todos os teus amigos, de modo a que todos fiquem conscientes, de que nem toda gente vive tão bem como nós!!!

 

 

A COISA ESTÁ MESMO MÁ...!!!

de: anónimo

tags:
publicado por raiodemundo às 22:07
link do post | comentar | favorito
Domingo, 17 de Abril de 2011

Enfim tudo na mesma neste raio de mundo

       As agências de «rating» dizem não ser peritos e ser as suas notações apenas uma opinião, que por isso não podem ser julgadas e condenadas, mas o facto é que se depende delas para obter empréstimos. Mas porquê tem que ser as mesmas 5 cujas independências não são de confiança, porque não uma europeia?

 

       Com esta e outras os nossos governantes atiraram o nosso país para uma divida que cresce em pirâmide ao estilo de D. Branca, e nos vai levar á ruína.

       Governantes idiotas que irão desperdiçar milhões com as indemnizações aos construtores do TGV, por não terem parado a tempo, os sonhos megalómanos.

 

       Será que merecemos a sorte que nos calhou, mas temos culpa nas escolhas feitas pelo colectivo português.

 

       A medida francesa para proibir as burcas e afins é semelhante a medidas tomadas em Portugal e Espanha em séculos passados quando proibiram capas e capuzes que ocultavam o rosto, por questões de segurança, criminosos assim não se aproximavam ocultos na multidão.

       É ridículo que os muçulmanos as defendam, só se for para ajudar os amantes disfarçados de mulheres, poderem entrar em casa das mulheres sem serem descobertos!

publicado por raiodemundo às 20:59
link do post | comentar | favorito
Domingo, 3 de Abril de 2011

E mal vai o país

      Com mais esta crise, e falta de coragem do governo, os portugueses estão a trabalhar para pagar os juros e enriquecer os credores. De uma vez por todas, se temos que recorrer ao FMI que seja logo, pois estamos a perder dinheiro e os portugueses a serem espoliados em impostos, para pagar a burrice e teimosia do governo.

     E temos o PSD que com esta crise em má altura, contra medidas que provavelmente também as tomara a quando no poder.

     Foi mau, mas talvez seja a única maneira de o(s) governo(s) tomarem medidas forçados pelo FMI. Há que cortar despesas a sério de uma vez por todas. Eliminar organismos que vegetam á sombra do estado.

     Há anos que andamos em crise trás de crise, reformas atrás de reformas, PEC atrás de PEC, sempre insuficientes, não sabem fazer contas ou tentam esconder a verdade, o certo é que não passam de medidas a conta gotas que não vão ao fim do problema. E nisto andamos a dar cabo de Portugal e dos portugueses que não saem “sempre da mesma merda”.

     Mas é péssima esta constituição impor um prazo tão grande para as eleições (55 dias, quase dois meses). Que só beneficia um calculista primeiro-ministro que de propósito provocou a sua queda apenas para ter o pretexto que não foi sua culpa que o FMI entra em Portugal, se o povo for burro ainda passa por santo salvador do país.

    

     Acabar com salários chorudos em empresas do estado, e pior deficitárias. No alto meia dúzia a receber «fortunas» e nas bases a receber «misérias». E porquê apenas para alimentar os «boys» partidários, com salários impossíveis na função pública.

     O exemplo de Armando Vara que sai do BCP com uma indemnização de 562191€ mais cerca de 260000€ de salário por meio ano de 2010, que raio de valores pornográficos são estes, ainda por cima nos bancos que andam á nora para conseguir dinheiro e o governo os ajuda de alguma maneira; e num sujeito suspeito de corrupção. Não há dúvida o crime compensa.

    

      Aborto diminui, mas existe muitas mulheres com abortos sucessivos, há casos de dez (10 é incrível).

      Abortos como contraceptivos, apesar dos contraceptivos serem comparticipados como se fosse um medicamento vulgar. Isto acontece porquê?

      E isto pago por todos contribuintes, que com seus impostos andam a pagar as fodas dos outros, só falta que para o bem-estar da população também as idas ás putas sejam comparticipadas pela segurança social.

      Será que as mulheres (e homens) são umas criancinhas irresponsáveis que não têm tino nos actos que tomam, têm que ter o paizinho (estado) para limpar as suas burradas? E todos têm que contribuir com os impostos para os outros foderem?

      Direitos e Deveres. Esquecem sempre o segundo. Falta de responsabilidade.

 

     Que raio de país este.

publicado por raiodemundo às 21:05
link do post | comentar | favorito

.Pesquisa

Google

.pesquisar

 

.Junho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Parlamento

. Orfanatos e IURD

. 1º de Dezembro e Catalunh...

. Tancos

. Que futuro ?

. Islã – A Ameaça Contempor...

. E porque não ?

. Para quando a mesma corag...

. Estado incentiva sequestr...

. Que justiça é esta?

.arquivos

. Junho 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Julho 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.BannerPublipt

.subscrever feeds